terça-feira, 28 de junho de 2011

ATENÇÃO, SENADORES E LEITORES! OUÇAM A GRAVAÇÃO EM QUE ALOPRADO AFIRMA QUE MERCADANTE PARTICIPOU ATIVAMENTE DA TRAMÓIA DOS ALOPRADOS

Se você clicar aqui, poderá ouvir trechos da gravação em que Expedito Veloso deixa claro que o ministro Aloizio Mercadante foi um dos comandantes do crime.

Por Reinaldo Azevedo

domingo, 19 de junho de 2011

Lula tem problema de caráter (2)

Tirado do Coturno Noturno
Ontem o Blog publicou um post afirmando que Lula não tem problema psicológico, como afirmou Fernando Henrique Cardoso. Lula tem problema de caráter. Não fosse a política, ele seria uma camelô vendendo muambas contrabandeadas, um dono de posto de gasolina que botaria água no produto, um operador de desmanche de carros que receberia veículos sem procedência, um açougueiro que fraudaria a balança. Toda a vida de Lula é o oposto da transparência. Nada do seu patrimônio tem uma origem clara e cristalina. Não há dúvida que, se não fossem os acadêmicos imbecis e os padrecos vermelhos, junto com alguns milicos inconsequentes, Lula não teria sido nada, pois é apenas um velhaco, um esperto, um charlatão, um oportunista que não tem noção de ética, decência e honestidade. Hoje a Folha de São Paulo publica uma matéria sobre uma reunião mantida com o PT, no dia de ontem, com as seguintes frases de Lula:


"Eu sei, o Zé Dirceu sabe, o João Paulo [Cunha] sabe, o Ricardo Berzoini sabe, que um dos nossos problemas em 2005 era a desconfiança entre nós, dentro da nossa bancada"


"A crise de 2005 começou com uma acusação no Correio, de R$ 3 mil, o cara envolvido era do PTB, quem presidia o Correio era o PMDB e eles transformaram a CPI dos Correios, para apurar isso, numa CPI contra o PT, contra o Zé Dirceu e contra outros companheiros. Por quê? Porque a gente tava desunido".


"A gente se reúne, tranca a porta e se atraca lá dentro"


"Tem deputado me ligando, querendo conversar. Vocês têm que resolver entre vocês. Todo mundo aqui é maduro, é cientista político. Temos que dar tranquilidade à nossa companheira Dilma"


“Eu tô de saco cheio de ver companheiro acusado, humilhado, e depois não se provar nada.”

A CPI do Mensalão comprovou todas as denúncias. Quarenta políticos, a maioria do PT, foram denunciados como participantes de uma sofisticada organização criminosa que desviou dinheiro público para comprar apoio político a ele, Lula. A Polícia Federal confirmou, ao fim das investigações, que houve, sim, toda a sorte de crimes apontada pelo Procurador Geral da República na sua acusação. No entanto, para o ex-presidente tudo aconteceu porque a quadrilha estava brigando entre si. Se brigasse com as portas fechadas, tudo teria dado certo. Fica nítido para Lula que o que importa são os fins, desde que os meios não sejam revelados. Temos aí um homem sem problemas psicológicos. Temos um aí um homem com problemas de caráter. Uns cínicos, outros cúmplices, chamam de esperteza, inteligência política, capacidade de articulação. Não é isso. É a mais pura má fé, é o estado da arte da velhacaria. é a índole ruim, é o deficit total de caráter. Ao fim da reunião, Lula afirmou:

"Tá chegando a hora do PT governar São Paulo".

A Veja desta semana aponta e comprova que Aloízio Mercadante foi o grande responsável pelo Dossiê dos Aloprados. O termo "aloprado" foi cunhado por Lula, para identificar os envolvidos. Nada mais errado. Todos ali estavam no mais completo domínio das suas faculdades mentais. Ninguém no PT tem problemas psicológicos. A grande maioria tem problemas de caráter. Lula é a prova cuspida e escarrada desta constatação.

Lula tem problema de caráter.

Tirado do Coturno Noturno

FHC disse, em recente entrevista, que Lula tem um problema psicológico. Não, FHC, Lula tem problema de caráter. Nega o mensalão, apóia companheiros corruptos, mente descaradamente sobre os mais variados temas, está pedalando e andando para a ética. Não fiquem tirando Lula para louco. Ele é apenas um velhaco que, se não tivesse tido a sorte de vencer na política, seria um estelionatário, um golpista de "boa noite, cinderela", um escroque qualquer, um ladrãozinho de galinhas. Lula é fruto dos formadores de opinião, a quem ele tanto critica. Sofisticou-se pelo convívio e pela proteção que lhe foi conferida pelos sociólogos e colunistas. Deveria ser agradecido. Poderia, em vez de famoso e milionário, estar apodrecendo em alguma cadeia por algum 171 aplicado por aí.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Fidel mandou parar

11 de junho de 2011 – O Perú Molhado

Por Marcelo Lartigue

A Ilha de Cuba já foi um oásis no mar doCaribe. Antes de se transformar num prostíbuloamericano sob a égide do ditador Fulgencio Batista e antes mesmo da chegada do ditador Fidel Castro ao poder, Cuba era um dos países mais modernos das Américas. Cuba foi a primeira nação ibero-americana (incluído Espanha e Portugal) a ter um cemitério separado da igreja católica. Isto aconteceu em 1806. Foi também a primeira nação da America hispânica a ter máquinas a barcos a vapor. Foi ainda o terceiro país e a ter um sistema de
trens. Nessa época, em 1837, apenas mais duas nações tinham um sistema de ferrovias: Inglaterra e Estados Unidos. Em 1951, Cuba foi o primeiro país do mundo a ter um hotel coma ar-condicionado central. O sistema de saúde pública cubano sempre esteve a frente. Foi em Cuba, no ano de 1847 que pela primeira vez um paciente foi anestesiado com éter. Foi o médico cubano, Dr. J. Finlay quem descobriu o agente transmissor da Febre Amarela. Estávamos em 1881 e a Febre amarela matava milhares de pessoas no mundo inteiro. Cuba também teve o primeiro sistema de iluminação pública (1889) e a primeira indústria totalmente movida a eletricidade (1877). O primeiro carro chegou a Cuba no ano de 1900. Dizem que esse automóvel circula na ilha até hoje. Em 1958 Cuba era o país latino americano com mais automóveis (160 mil, ou seja, um para casa 38 habitantes) e o país que mais eletrodomésticos tinha. Em 1906, Cuba instalou na cidade de Havana o primeiro sistema de telefonia discada direta, sem a necessidade de uma telefonista. Foi também em Cuba, em 1907 que foi instalado o primeiro sistema de Raios X da América latina. No dia 19de maio de 1913, os cubanos Agustin Parlá e Domingo Rosillo tiveram a honra de realizar o primeiro vôo ibero-americano entre Havana e Cayo Hueso na Key West. Esse vôo durou 2 horas e 40 minutos. Cuba foi o primeiro país do mundo a abolir as touradas por serem abusivas e sanguinárias com os animais. Já os fuzilamentos dos inimigos do sistema político continuam acontecendo. Em 1959 a cidade de Havana era a cidade que tinha mais salas de cinema no mundo. Nada menos que 358 salas de projeção. Superava New York e Paris, que ocupavam o segundo e o terceiro lugar respectivamente. Cuba foi o segundo país do mundo e ter uma emissora de televisão. Isso aconteceu em 1950. Em 1958 a TV em cores foi introduzida na ilha. Foi em Cuba inaugurada a segunda emissora de rádio, emissora essa que transmitiu um concerto de música clássica. Já em 1228, Cuba tinha 61 emissoras de rádio – sendo 43 em Havana - ocupando o 4º lugar no mundo superando países muito maiores como os Estados Unidos, Canadá e Rússia. Cuba tinha então, o maior número de emissoras por habitante em extensão territorial. Ainda em 1957 é inaugurado em Cuba, o primeiro cinema em 3D e com várias telas - os multiplex de hoje. Em 1940, os cubanos aprovaram a mais avançada constituição do mundo. Foi a primeira nação latino americana a reconhecer o voto das mulheres (hoje não vota nem homem nem mulher), a igualdade de direito entre as raças e sexo, e o direito da mulher ao trabalho. O primeiro movimento feminista latino-americano surgiu ainda nos anos 30, em Cuba.
Em 1957 a ONU reconheceu Cuba como o melhor país ibero-americano em número de médicos por habitantes e o melhor em casas eletrificadas, casas com banheiro e em consumo calórico diário per capita. Pois é: infelizmente tudo isso ficou no passado. Chegou Fidel e mandou parar.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Dilma reconhece a grande obra de fhc e eu reconheco a grande fraude do pt

O site criado em homenagem aos 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (www.fhc80anos.com.br) traz mensagens de várias personalidades brasileiras e estrangeiras, entre intelectuais, políticos, artistas etc, que saúdam o legado do político e do sociólogo. A presidente Dilma Rousseff enviou o seguinte texto. Leiam. Volto depois.


“Em seus oitenta anos há muitas características do Senhor Presidente Fernando Henrique a homenagear.
O acadêmico inovador, o político habilidoso, o ministro-arquiteto de um plano duradouro de saída da hiperinflação e o presidente que contribuiu decisivamente para a consolidação da estabilidade econômica.
Mas quero aqui destacar também o democrata. O espírito do jovem que lutou pelos seus ideais, que perduram até os dias de hoje.
Esse espírito, no homem público, traduziu-se na crença do diálogo como força motriz da política e foi essencial para a consolidação da democracia brasileira em seus oito anos de mandato.
Fernando Henrique foi primeiro presidente eleito desde Juscelino Kubitschek a dar posse a um sucessor oposicionista igualmente eleito.
Não escondo que nos últimos anos tivemos e mantemos opiniões diferentes, mas, justamente por isso, maior é minha admiração por sua abertura ao confronto franco e respeitoso de idéias.


Querido Presidente, meus parabéns e um afetuoso abraço!”

Dilma Rousseff”

Presidenta da República Federativa do Brasil”

Voltei

Estive na festa de aniversário de Fernando Henrique na sexta-feira, num jantar promovido por seus amigos e admiradores na Sala São Paulo. Ele completa 80 anos no próximo sábado, dia 18 de junho. Lá estavam pessoas das mais variadas idades, profissões e visões de mundo. O que as unia era o reconhecimento da grande obra de FHC, muito bem sintetizada, sim, na carta de Dilma: “acadêmico inovador, político habilidoso e ministro-arquiteto de um plano duradouro da saída da hiperinflação”.

FHC fez um breve discurso de agradecimento. Mostrou-se grato aos amigos, à sorte, ao país e exaltou a alegria de viver. Deixou clara a sua disposição de continuar lutando por suas idéias e por um Brasil melhor e mais justo. A noite celebrava a generosidade, a tolerância, a civilidade. Creio, e não vou especular sobre motivações subjetivas, que o ex-presidente tenha ficado satisfeito com a mensagem de Dilma. Uma figura bastante graduada do petismo reconhece, enfim, apesar das divergências, a obra de um adversário político. Só cabe ao homenageado reagir de bom grado.

O assunto principal deste blog é política. Se não cabe a FHC contrastar o conteúdo da mensagem da “presidenta” com a pregação histórica do PT, cumpre a este blog fazê-lo porque é sua tarefa ler a manifestação à luz da história e da forma como se constituiu e se constitui o petismo.

Não há que tenha tido a sua obra tão vilipendiada, tão agredida, tão covardemente desconstruída — ao menos é essa a tentativa — como FHC. E os agentes desse trabalho de reconstituição vigarista do passado são os petistas. Na luta cotidiana, nas disputas eleitorais, sempre foram muito além das “divergências” de que fala Dilma. O “arquiteto” do Real jamais teve a sua obra reconhecida. Ao contrário: criou-se a fantasia estúpida de que mesmo o plano que livrou o Brasil do buraco era parte de uma outra arquitetura: a do “neoliberalismo”, a da “privataria”, a das ações concertadas contra os interesses do povo.

Os petistas venceram três eleições com esse discurso. Reitero: FHC tem de ficar feliz, sim, porque mesmo aqueles que tentaram enxovalhar a sua biografia ensaiam um movimento de retorno. O decoro do homenageado é um. O nosso aqui há de ser outro. Por isso peço que vocês assistam a este vídeo. Volto para encerrar.



Voltei

Eis o PT em campanha. Esse é o discurso que pauta a luta política dos companheiros há muitos anos. Dilma falou a verdade na mensagem enviada ao ex-presidente, mas seu partido — e seus candidatos — tem feito da mentira um método. Sete meses depois dessa fala na televisão, a agora presidente decidiu privatizar os aeroportos. O que teria sido a melhor escolha há alguns anos torna-se agora a única saída. Não poderia ser diferente. O substrato da fraude política é a fraude intelectual.

Saúdo o bom senso de Dilma Rousseff quanto a este particular — ao menos até a próxima eleição… Aí tudo volta ao normal. Parece que o PT considera que a verdade é incompatível com a disputa política.

Por Reinaldo Azevedo

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Decisão do PGR é aval para presidente da Câmara anular convocação de Palocci

Lembram que, na próxima quarta-feira, Palocci terá que que comparecer à Comissão de Agricultura para prestar esclarecimentos sobre o seu enriquecimento súbito? Mas que a decisão está sob julgamento do Presidente da Câmara, o petista Marco Maia? A correria do engavetador geral da república foi para oferecer um argumento sólido para a convocação ser anulada, o que será anunciado amanhã. O cadáver fede, mas resiste.

Do Coturno Noturno